quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

102-Sobre o Blog

 
Seguindo a corrente de questionários que se propagam entre os blogs, onde primeiro vi no blog A Matemática Pura, depois no blog Fatos Matemáticos e em seguida no blog O Baricentro da Mente, coloco minhas respostas sobre tais perguntas, tendo vista que, além de ser convidado pelo primeiro e pelo último blog, também achei a idéia interessante.


1. Como surgiu a idéia de criar o blog?

No final de , eu estava em uma situação no qual sentia alguma frustração por não ter seguido a carreira na área das exatas. Lembrava da época em que estudava e vi que não houve nenhuma mudança no meu espírito de tentar ver o que estava além do que se encontrava nos livros de matemática, pouco me importando com aplicações práticas. Mas percebi que as pessoas só estavam interessadas em passar em provas, aos professores só interessavam o currículo. Era difícil encontrar alguém para trocar idéias. A situação piorou quando deixei de ser estudante do ensino médio e entrei no meio militar onde estou até hoje. A matemática empregada na Artilharia era prioritariamente técnica. Uma coisa que atrapalhou a mudar a  minha situação foram as competições enxadrísticas, o xadrez, outra paixão minha.

Eu estava com algumas idéias a passar e o planejamento inicial era publicar um livro. Um exemplo é a fórmula do termo genérico de uma progressão aritmética de -ésima ordem, que descobri quando estudei as ordinárias pela primeira vez em :

Em , pesquisando sobre a vida de Gauss, conheci o blog Fatos Matemáticos. A primeira sensação que tive foi de prazer. Era muito bacana como as fórmulas, os desenhos geométricos e os gráficos ficavam destacados entre o texto em azul. Era um recurso que passaria a utilizar e este texto é um exemplo. Percebi também naquele blog que os assuntos avançados eram tratados com uma certa profundidade, sendo que na maioria dos outros blogs de matemática, apenas se via o que se prestava para vestibulares. Nesta mesma época, conheci também outro blog de mesmo quilate, O Baricentro da Mente.

Hoje em dia, percebe-se que o número de blogs com a qualidade dos acima mencionados  está crescendo cada vez mais e isto acho muito bom. Um exemplo disso é o Gigamatemática, Blog Manthano, Problemas e Teoremas, etc. Vejam, então, este excelente artigo: http://gigamatematica.blogspot.com.br/2011/07/trombeta-de-gabriel.html .

Mas, até em , me interessava apenas em aprender o conteúdo destes blogs e fico pensando que eu poderia ter interagido mais com os mesmos.

Pois bem, no final de ano sentei na frente do computador e fiz a apresentação do blog ELEMENTOS DE TEIXEIRA em de dezembro de e o primeiro artigo em de janeiro de tratando da equação diofantina , com meu método de resolução. Nos dias seguintes, gostei como a coisa ia ficando e finalizei aquele mês de janeiro com posts e o ano com artigos publicados.

Ao final de , digo que fiz bastantes amigos com interesses comuns!

     

2. Como surgiu o nome do blog?

Como queria passar algo pessoal e não, vamos dizer assim, cópia e cola, decidi me inspirar na obra clássica "Os Elementos de Euclides" e o nome inicial do blog era ELEMENTOS DE TEIXEIRA. Depois, quando fiquei um pouco conhecido, deixei apenas como ELEMENTOS. 

3. Com qual frequência você atualiza o blog?

No ano passado, foi uma média de por mês. Mas atingí-la não foi fácil. A vida de um militar é muito atribulada. Sem falar que, na ordem de importância, um blog de matemática fica apenas na categoria de hobby, sem nenhum retorno financeiro, embora extremamente prazeroso. Tinha que ter cuidado para não misturar os valores, mas, as vezes me peguei postando onde poderia estar fazendo algo mais importante.Quando percebe-se este perigo, das três, uma, ou cancela-se o blog (quase fiz isto em abril ), ou congela-se o mesmo (o que é chato),  ou atinge-se um estado de equilíbrio nas postagens. Esta última opção é a ideal, pois o blog fica periodicamente ativo. Portanto, em , o ritmo é um artigo matemático por semana.  Supondo por exemplo que eu tenha tempo e inspiração de fazer artigos em um mês, então deixarei reservados artigos para o mês seguinte, de forma que o tempo sendo apertado neste último, já fica a garantia da periodicidade das publicações. Assim pode acontecer de eu ficar um mês sem produzir nada, apenas publicando semanalmente os artigos acumulados e a fidelidade (periodicidade) e qualidade do blog ficarão asseguradas, com reflexos positivos na minha vida profissional e pessoal.

4. Como você divulga o blog?

No facebook e na UBM. Antes também no somatemática, mas lá os interesses são outros. Mas não me arrependo pois conheci um excelente matemático e amigo: Antonio Carlos Tavano que já contribuiu com ricas sugestões no blog.

5. Qual mensagem você tem a passar através de seu blog?

A beleza da matemática, da lógica, dos argumentos irrefutáveis das demonstrações.

6. Qual o impacto do blog em sua vida profissional e pessoal?

Bem, com um blog se tem mais uma razão para ser mais organizado. E também, a concentração desprendida na confecção dos artigos se reverte em concentração para fazer outras coisas ( quando se está fazendo estas outras coisas...). É um efeito parecido com os benefícios de se jogar xadrez e de praticar meditação, embora em escala menor.

7. O que o motiva a continuar postando no seu blog?

O reconhecimento pelo meu trabalho matemático, quando não, o aprendizado constante adquirido e a formação de um círculo de amizades com interesses comuns.

8. Qual sua visão sobre a educação no Brasil?

Eu vejo três personagens nesta história. O governo, o professor e o estudante. Apenas um alinhamento entre um investimento eficaz na educação,  o ensinar com amor e qualidade e o querer aprender na essência, é que o Brasil sairá de uma triste estatística. 

9. Como seu blog contribui para a formação dos estudantes?

Talvez no despertar do interesse matemático que acho que é fundamental no aprendizado desta disciplina.

10. Qual seu maior desejo para seu blog?

É que eu veja o número que se encontra à esquerda dos títulos das postagens crescer cada vez mais. Um dia,  quem sabe, não postarei

- Demonstração da Hipótese de Hiemann

?


_*_ 


Prosseguindo na corrente, convido os seguintes blogs a responderem este mesmo questionário:

Blog Manthano
Matemágicas e Números
Gigamatemática
Problemas e Teoremas
Seminar Boubarki 




16 comentários:

  1. Muito interessante a sua trajetória na busca do conhecimento. São ações asim que fazem a diferença e o seu blog já tem muitas contribuições relevantes. Além disso, fico muito feliz em saber que o meu blog lhe inspirou a criar o seu. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, é como você escreveu uma vez. A internet é uma das melhores invenções da humanidade e cumpre um papel grandioso de, em primeiro lugar, aproximar as pessoas e, em segundo, facilitar o conhecimento.

      Digo que, até às 23:00 horas do 31 de dezembro de 2011 eu não estava pensando em criar um blog naquele dia, mas sabia que, se o fizesse, seria um pouco parecido com o seu. A diferença seria minha marca pessoal.

      Não tinha feito antes porque esperava acumular conhecimentos sobre blogs, mas comprovou-se que isto era besteira. Como dizem, tem-se que "meter as caras" para aprender.

      Obrigado e outro abraço.






      Excluir
  2. Olá, Aloísio!!!!

    Acessando o blog Vivendo Ente Símbolos do Romirys Cavalcante, isso no começo do mês corrente, na postagem que o nosso amigo Romirys postou como... "fui tagueado", eu soube da existência dessa corrente que prossegue mais além!!!! Por sua vez, o meu blog o Matemágicas e Números, foi "tagueado" pelo colega!!!! Como eu estava empenhado em desenvolver uma "diversão" para a UBM (ficou curioso, rsrsrsr???) só agora é que comecei a dar as respostas para as perguntas que eu recebi!!!! Já vi as respostas do Fatos Matemáticos, O Baricentro da Mente e agora, o seu blog também!!!!

    Aloísio, eu quero parabenizá-lo, em primeiro lugar: por ser mais um brasileiro muito inteligente entre muitos outros, que sem essa de se escudar com títulos acadêmicos, prova que a capacidade criativa não depende de titulação para isso!!!!
    Em segundo lugar: O seu espírito cooperativo e o seu altruísmo em de empenhar a levar aos seus semelhantes os frutos das suas ideias, métodos e descobertas que faz na área das exatas e como você diz, sem maiores interesses econômicos!!!!
    Concluindo: Nas suas respostas, vemos que a "magia dos números" tocando todo o mundo, é o seu "motto continuum" para desenvolver esse trabalho exemplar e de utilidade, com o "selo Aloísio"... de qualidade ISO 9999!!!!

    Um abraço!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Valdir! Como sempre, suas palavras são gentis. Eu sou inteligente como qualquer um, mas o que importa é o foco no que a gente gosta. Embora eu tenha feito da maneira errada, profissionalmente falando, ou financeiramente falando, espero que as coisas melhorem com minha aposentadoria no final deste ano.

      Um abraço!

      Excluir
  3. Olá Aloísio:
    Que legal saber um pouco da história do Elementos.

    Lembra que nós falamos pra você não desistir. Não valeu a pena?

    "Bem, com um blog se tem mais uma razão para ser mais organizado. E também, a concentração desprendida na confecção dos artigos se reverte em concentração para fazer outras coisas"

    (Não tinha pensado neste benefício. Interessante.)



    "Eu vejo três personagens nesta história. O governo, o professor e o estudante. Apenas um alinhamento entre um investimento eficaz na educação, o ensinar com amor e qualidade e o querer aprender na essência, é que o Brasil sairá de uma triste estatística."

    (Como professor, posso dizer que no meu caso o desânimo aumenta por estar justamente no meio de dois personagens problemáticos. O primeiro, por não investir como deveria, e o último pela falta de interesse em aprender na essência).

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jairo!

      É, realmente valeu a pena prosseguir!

      A concentração é tão difícil hoje em dia, não é? É por isso que um hobby é importante. Treinamos a concentração naquilo que mais gostamos. Aliás, por falar em concentração, sabia que meia-hora de meditação equivale a várias horas de sono profundo? Não precisa responder aqui.

      A questão do investimento, eduacação e interesse, na questão ideal de situação, é uma realidade hipotética quase beirando o surrealismo, muito difícil de se alcançar. O que pode acontecer ( na minoria ) é um excelente professor e / ou um excelente aluno. Mas quando vimos um excelente governante relativo à investimento satisfatório na educação?? Acho que é essa última etapa de alinhamento que definirá todo o resto.

      Outro abraço.

      Excluir
  4. Essa corrente foi uma boa ideia mesmo. Apesar de nos conhecermos há algum tempo, podemos, assim, conhecer a história contada pelos autores. Gostei de saber um pouco de sua trajetória nestas 100 postagens.

    Como já andamos conversando, o reconhecimento vem com o tempo. Às vezes é meio frustrante quando nos dedicamos tanto ao elaborar um artigo e nem mesmo recebemos um comentário de obrigado. Mas não podemos desistir. Eu acredito que você já está muito envolvido com essa coisa toda de matemática... não tem mais volta.

    Quanto à educação no Brasil, parece haver um interesse em sermos cada vez menos autônomos, assim fica fácil sermos manipulados. Mesmo nós com mais bagagem somos... Somente quando o governo resolver investir na educação é que teremos progresso.

    Este blog já possui muitos artigos excelentes, que são referências na net. Sua habilidade com a teoria dos números é excepcional. Escreva um livro!

    Desejo sinceramente que o Elementos cresça a cada dia e que a demonstração da Hipótese de Riemann venha bem antes do milésimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kleber!

      A matemática é feita por seres pensantes e estas pessoas são tão curiosas quanto os teoremas. Por isto que a História da Matemática é tão atrativa e serve como um estímulo inicial ao estudante.

      Sobre publicar um livro sobre TN, digo que nunca me passou pela cabeça. Tudo que publiquei no blog de TN foram minhas versões de demonstrações de teoremas já existente nos livros. Agora, o que é difícil encontrar é a fórmula do termo de uma PA de ordem superior, conforme mostrei nesta postagem. Nunca vi na net e em em livros. Assim como PG de ordem superior. Assim como o limite da série infinita mista, etc. É este tipo de publicação que eu faria.

      Obrigado e um abraço!

      Excluir
  5. Fico muito feliz em saber que essa corrente que resolvi implantar nos blogs de matemática se tornou tão forte e do agrado de todos os blogs que convidei e que foram convidados por outros... Notei que ela realmente foi bem aceita por todos e que gerou uma forte influência, tanto é que mais blogs participaram dessa minha ideia... Quando resolvi passar essa corrente para os blogs de matemática pensei muito bem antes de apenas divulgar a corrente, pois eu tinha que fazer com que os blogs escolhidos "tagueados" por mim vissem nessa simples brincadeira uma motivação forte o suficiente para que eles participassem, daí veio a ideia de fazer perguntas sobre os blogs que seriam tagueados... Dessa forma os blogs podeira falar um pouco sobre si para seus leitores... Essa brincadeira estava acontecendo entre blogs (não voltados a educação matemática em si) então resolvi aperfeiçoar a brincadeira e a lancei para dez de meus parceiros, e eis o resultado... Aprendi muito mais agora sobre os blogs que participaram da brincadeira do que antes deles participarem... Fico feliz em saber que uma brincadeira que começou com uma simples ideia minha acabou ganhando tanta repercussão entre os demais blogs de matemática, blogs esses que me inspiram a continuar com o meu blog Vivendo entre Símbolos cujo link é http://romirys.blogspot.com.br/ ....... Desejo a vocês muito sucesso com seus blogs....

    Att
    Romirys Cavalcante

    ResponderExcluir
  6. Olá Aloisio. Primeiramente obrigado por atribuir qualidade ao BLOG MANTHNO. Só resta parabenizá-lo e incentivá-lo para que prossiga pois, por certo, seu trabalho tem valor no cenário da disseminação gratuita do conhecimento. O primeiro lugar que vi a corrente foi aqui, mas agora já dei uma lida nos depoimentos dos outros colegas que você menciona. A ideia parece bem legal. Certamente não quebrarei a corrente e atenderei seu convite respondendo ao questionário no meu primeiro post do ano (em fevereiro talvez). Abraço. Pedro R.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Pedro R!

    Obrigado pelas considerações. E também por aderir à corrente.

    Certamente, conseguimos benefícios com nossos blogs, no aspecto cultural e social.Talvem um dia eu conheça pessoalmente um dos autores.

    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Olá Aloísio, gostei do banner novo, ficou bem clássico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kleber!

      Obrigado. Espero que este dure mais que os anteriores. Estava cansado de usar as imagens de fundo já existentes na net.

      Um abraço

      Excluir
  9. Aloisio,
    Quero parabenizá-lo pelo blog, é de alta qualidade e super original. Os temas abordados são de certa profundidade e certamente seu talento para exatas está bem acima da média, além de redação ser ótima.
    Obrigado por compartilhar conosco tão boa matemática. Para mim é um exemplo e um aprendizado.
    Abraços
    Cesar (do blog Licenciatura)

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cesar Rosa!

    Obrigado por gostar do blog.

    Eu comparo a matemática como uma selva densa e fechada. Muitas trilhas foram descobertas e muitos mapas (livros) foram feitos. Mas, ainda existe muitas áreas virgens e por isto que a Mat é uma àrea tão fértil de idéias. Existem tesouros antigos também. Escondido em algum canto, está a demonstração original do UTF por Fermat, por exemplo. Ou, através de uma nova trilha achamos uma resolução diferente para um problema, como já vi no blog LICENCIATURA que, aliás, encontra-se na minha lista de blogs recomendados.

    Abraços!


    ResponderExcluir